I’m Back

Estou de volta sim, e quem me acompanha lá no instagram já sabe disso, não é? Desde maio tenho postado regularmente, mostrando um pouco do meu dia a dia na maternidade louca e maravilhosa de ter duas crianças pequenas, mas também ainda apreciando muito a beleza e charme de uma casa pronta para receber pessoas amadas!

https://www.instagram.com/suacasasuafesta/

Meu feed lindinho e atualizado!

Clique aqui para me seguir no instagram!

Antes de voltar com as postagens, preciso muito organizar esse espaço. As categorias estão bagunçadas, fotos de minhas produções não abrem, muitas postagens perderam seus destaques… enfim, está caótico, mas tenham paciência que um pouquinho por dia vou deixar esse blog fácil, fácil de navegar!

Até lá me acompanhem no instagram para ficarem por dentro das novidades, e prometo que tudo que for muito relevante irei trazer para cá de forma mais completa, ok?

Beijos

Carol

Almoço de Domingo em Casa – Decoração Rosa

Post original de 21.10.2013

Olá pessoal, como foram de fim de semana? Sexta-feira a noite eu e meu marido decidimos fazer um almoço aqui em casa para nossos pais, algo simples e gostoso para aproveitar o domingo de sol. Ao contrário dos outros encontros que já fiz (sempre com um tema na decoração e comidas), dessa vez improvisamos um pouco mais, saímos para comprar os petiscos no sábado na Casa Santa Luzia (garantia de qualidade, independente do produto!) e finalmente consegui servir a torta de tomates mais linda que já vi.

Como já tinha um queijo de cabra e cebolete em conserva em casa, apenas complementei com pães e um queijo temperado. As tortinhas que acompanham a salada também são de lá (e são uma delícia, comprei a de queijo e a de pupunha).

Como prato principal arrisquei servindo uma quinua mediterrânea, sabia que seu sabor era muito gostoso, mas tinha medo do preconceito com o prato “light” (que rolou), mas após tantas entradinhas + dia quente ela agradou. O salmão assado foi a proteína escolhida, como estou em um processo de virar vegetariana (e mais pra frente vegana) sei que vai ser bem difícil criar almoços e jantares em casa mais pra frente… :(

A escolha da decoração foi completamente espontânea, sabia que queria fugir do amarelo e vermelho porquê já tinha usado nos últimos dois almoços em casa (clique aqui e aqui para ve-los), e o rosa foi o eleito do dia. A cor vem quase que 100% das flores, vocês podem ver que todos os outro acessórios (com exceção dos copos roxos) são neutros. Misturei três guardanapos de tecido diferentes – 4 rosas listradinhos, 2 meio magentas e um no mesmo tecido no caminho de mesa no centro (comprei ambos na Toscana). Para que essa mistura ficasse coesa, usei o guardanapo de papel xadrez rosa pink (também na Casa Santa Luzia).

Com todas as flores gastei R$29.90. Comprei um buquê pronto no Pão de Açúcar e desmontei chegando em casa, incrível como rendeu, além de encher o centro de mesa – usando apenas copos e taças, vocês viram? – consegui decorar a mesa de petiscos, a sala de tv e até a bandeja do café!

Bom, bati muuuuitas fotos para vocês, espero que gostem! E durante a semana posto a receita da quinua (que é super diferente e refrescante) e do salmão!

Fondue em Casa

Post original de 18.05.2016

Quase dois anos atrás, eu e a Paty, do blog Passagem Gastronômica, fizemos uma parceria de troca de posts. Ela fez essa receita de calda de chocolate e essa de pão de queijo para nós, enquanto eu dei dicas de mesa posta e receber em casa lá no blog dela, legal né?

Daí que essa semana lembrei de um post muito legal que fiz para ela sobre receber amigos em casa para um fondue. Com esse friozinho chegando, pensei que seria uma boa ideia mostrar para vocês a mesa que montei pra ela, que tal? Para ver as dicas que dei sobre a mesa, clique aqui.

Veja só que mesa mais charmosa, me deu até vontade de comer um fondue delicioso…

 

Mesa de fondue 2

Mesa de fondue 8

Mesa de fondue 5

Mesa de fondue 3

Mesa de fondue 6

Mesa de fondue 4

Mesa de fondue 7

Mesa de fondue 9

Dica de Decoração de Inverno para a Casa

Post Original de 26.06.2014

 

Dando um tempinho do universo de mesas postas, vocês já repararam que assim como na moda nossa casa também muda conforme as estações? Durante o verão gostamos de mais cores, estampas floridas e delicadas e tecidos leves. No inverno preferimos os tons mais fechados, tecidos mais pesados e flores mais opulentas. Esse processo é instintivo e essas mudanças vão ocorrendo gradativamente, conforme as temperaturas sobem ou caem… E ultimamente estão caindo!

Uma boa dica para deixar sua sala mais aconchegante nesse outono/inverno é colocar uma manta bem bonita no seu sofá, pufe ou poltrona. Ela não precisa (e nem deve) ser um cobertor, e sim uma mantinha em tamanho médio com tecido fofinho em uma cor que harmonize com sua sala.

Comprei a minha recentemente na Etna (essa daqui) bem baratinha, mas com um frisado charmoso para deixar na sala, mesmo quando as visitas chegarem. O truque é, além de combinar sua cor/estampa com a decoração da sala, deixá-la dobrada casualmente no braço do sofá/poltrona, ou no pufe (caso seja estofado). Esse pequeno detalhe já transformará sua casa em um ambiente aconchegante para o inverno e trará um elemento decorativo novo, com pouco investimento.

Veja agora mais exemplos de mantas na sala de estar, que servem tanto para esquentar a gente durante um filminho, quanto para decorar mais um pouco nossa casa, sem precisar tirar correndo quando as visitas chegam!

f38b99f234c58150ce3cc802e490460f

bfac61d0e80cecc1d84e60eb6fb0e188

aa5181a3634d1bff3cee65149276a059

fe4625cebf5a2b2b605c813e6a45246a

Livingroom2_Interiorsbyfrancesca

 

Dá até para transformar seu sofá com uma mantinha gostosa dessas, olha só!

018150761d770b8e87a8659d4e8a9f3d

8de1c9b3880ec2691b9fe1f3f94a6881

E se achou que ficou muita bagunça, use esse mesmo truque, mas dentro de uma cesta decorativa bem bonita. Se colocar várias fica perfeito para uma noite com amigos que se estende pela noite, afinal vinho + fondue + cobertor + inverno = perfeição!

2afd3dc010cf5c52e51f0241cb31bad8

86f56e9c72a742fea23d3a91e1c28450

3ee02706b0677af2d933ac68df757adf

 

Gostaram dessa ideia? Adoro dicas que transformam a casa de maneira fácil e barata! E não vale só para a sala não, colocar uma manta do pé da cama vai deixar seu quarto com cara de capa de revista, além de esquentar o nosso pé nesse friozinho que faz a noite!

71649d4334af2a11035f1e5260f1b719

1854182e21e201c96ba9fa6b2233d4cb

80b7b4a8f61dfb4b1aa4b3a1112e3cce

f65f4bba8489d29daad91e48bfc19d8a

Shepherd’s Pie ou Escondidinho de Peru ou Feijão Branco

Post original de 27.02.2014

Confesso que toda a conversa que tive com a Patty do Passagem Gastronômica me deixou saudosa de postar mais receitas aqui no blog. Como vocês já viram nesse post, ela arrasa tanto nas fotos quanto nas comidinhas, recomendo muito seu blog!

E assim como ela fez um post delicioso para nós, também fiz um para suas leitoras, querem ver? Cliquem aqui e vejam minhas dicas para decorar diversas mesas, post super exclusivo para o Passagem Gastronômica. Gostaram?

Bom, como vocês sabem cozinho quase todos os dias o jantar aqui em casa, e normalmente tento buscar opções saudáveis e nutritivas, aproveitando o máximo que tenho disponível em casa e comprando o mínimo possível, evitando assim o desperdício de comida. E foi encarando o purê de batatas paradinho na minha geladeira que resolvi improvisar essa receita.

Shepherd’s Pie ou Escondidinho em Duas Versões

com peru ou feijão branco, você escolhe

Ingredientes

  • 4 pacotes de hambúrguer de peru ou 1 caixinha de feijão branco cozido (já drenado)
  • 1/2 cebola cortada em meia lua
  • 2 dentes de alho em lâminas
  • 1 pimenta dedo de moça picadinha (s/ semente)
  • 1 col. chá páprica picante
  • 2 folhas de louro
  • 1/2 cenoura ralada finamente
  • 1 dose de whisky (ou outra bebida destilada de sua preferência)
  • 1 xícara molho de tomate
  • salsinha picada
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • purê de batatas
  • parmesão ralado

Preparo

Refogue a cebola e o alho em azeite com as pimentas e o louro por 3 minutos em fogo alto. Acrescente a carne/feijão e cenoura até que cozinhem por completo (o feijão é bem mais rápido por já estar pronto), quando a refoga começar a “grudar” no fundo, coloque o destilado com cuidado e mexa bem para que todo o “fundo da panela” se solte. Abaixe o fogo para potência média, adicione o molho de tomate, deixe por cinco minutos, ajuste o sal e pimenta como preferir. Reserve.

 

Coloque os refogados em refratários próprios para o forno, essas cocotes da Le Creuset são perfeitas, pois fornecem uma porção individual ideal para uma refeição leve – e são mega charmosas! Cubra com o purê de batatas e finalize com um punhado de parmesão.

Você pode congelar, ou levar ao forno alto até o queijo gratinar. Uma ótima alternativa para aquele purê de batatas que sobrou do dia anterior, principalmente porque todo o recheio pode ser encontrado do freezer à dispensa e não demora nem 20 minutos para ficar tudo pronto!

Ao aproveitarmos as “sobras” do dia anterior, não só evitamos o desperdício de alimentos (que podiam ir para o lixo) mas também exercitamos nossa criatividade e nos surpreendemos com pratos gostosos e diferentes, pratiquem esse costume e que ele vire um hábito no seu dia-a-dia!

Ideias de Festa Junina

Estava aqui mexendo em algumas pastas antigas no computador, olhando o material que costumava usar para o blog e ideias que colecionava para festas, quando encontrei várias imagens de inspiração para festa junina. Achei tudo tão bonitinho e criativo que resolvi dividir aqui com vocês.

Acredito que todas as fotos sejam de festas americanas, mas são muito relacionáveis com a temática de festa junina… Muito milho, bandana, girassol, feno, xadrez… Para quem vai organizar a quadrilha desse ano, dá para pegar várias referências já que é tudo bem simples de replicar em casa, prático e baratinho!

Espero que gostem e se inspirem bastante nessas ideias.

Tudo Para Seu Natal

Post original de 15/12/16


Minha nossa, eu juro que tentei ser uma blogueira/mãe trabalhadora/mãe do ano, mas não deu! Me dedicar completamente à criação com apego, amamentação exclusiva em livre demanda e cuidado integral nesse primeiro ano da Maria Clara me exigiu muito mais do que poderia imaginar. Não me arrependo de nada, foi maravilhoso poder acompanhar todas as suas fases de aprendizado até agora, e me considero privilegiada por poder ter essa possibilidade, mão foi fácil MESMO! Tem horas que dá vontade de largar tudo e fugir… o cansaço, a privação do sono, a falta de privacidade, a doação total – uau, como cansa! Mas estamos aqui, vivas e quase chegando ao nosso primeiro ano de mãe e filha! Sou só alegria e orgulho, meu e dela!

38d3736e5715d2b521843f0c24e22e3b

Mas eu prometi lá no instagram voltar com dicas para o Natal, e promessa é divida! Venho aqui repostar muitas das ideias que já dei nesse blog nos últimos anos, porque relembrar é sempre bom! Vale a pena rever e reler com outros olhos, porque há sempre boas referências escondidas neste blog tão querido. Ao menos estou fazendo esse exercício e estou adorando!

0d1f12f2024897ea591c4032e3096fe0

Mesas de Natal (Mesa Posta e Buffets)

MESAS DE NATAL

MESA VERMELHA E BRANCA PARA ALMOÇO DE NATAL

DECORAÇÃO DE MESAS DIFERENTES DE NATAL

MESA DE NATAL PARA AS CRIANÇAS

MESA BUFFET PARA O NATAL

MESAS POSTAS DE NATAL

MESAS POSTAS DE NATAL 2

MESA ESTILO BUFFET DE NATAL

MESAS DE NATAL BEM ELABORADAS

MESAS DE NATAL SIMPLES E FÁCEIS

TRÊS MONTAGENS DE NATAL – ONCINHA, PRATA E VERMELHO

MESAS DE NATAL EM DOURADO POR SUA CASA SUA FESTA

DETALHES RÁPIDOS DE MESAS POSTAS DE NATAL

MESA DE NATAL I

MESA DE NATAL II

980b3815fd4bb967b5fce791d567fbda

O Que Servir

RECEITA DO MELHOR PERU DE NATAL

PETISCO DE NATAL

BOLOS DE NATAL

RECEITAS PARA O NATAL – PRATOS PRINCIPAIS E ACOMPANHAMENTOS

RECEITAS PARA O NATAL – ENTRADAS E SALADAS

EMBELEZANDO SUA CEIA DE NATAL

MUITAS IDEIAS PARA MONTAR SUA CEIA DE NATAL

CEIA DE NATAL

PETISCOS DE NATAL

439f75899f3f03f4f322ba6857f5d273

Decorações de Natal

A CASA TODA EM CLIMA DE NATAL

NATAL COR-DE-ROSA 2

NATAL BRANCO 2

NATAL VINTAGE

5 COISAS PARA DEIXAR O NATAL MAIS CHARMOSO

DECORAÇÃO DE NATAL METÁLICA – DOURADO E PRATEADO

LAREIRAS DE NATAL

GUIRLANDAS DE NATAL PARA TODOS OS ESTILOS

PLANEJANDO O NATAL

NATAL BRANCO

NATAL COR DE ROSA

NATAL TURQUESA PARA OS CORAJOSOS

IDEIAS PARA UM NATAL TROPICAL DE VERDADE

DETALHES NA DECORAÇÃO DE NATAL DA SUA CASA

DETALHES NA DECORAÇÃO DE NATAL

USANDO BOLAS DE NATAL

DECORAÇÃO DE NATAL

54bf3c0e60fdaecf81f3d095a252f672

Árvores de Natal

ÁRVORES DE NATAL PARA INSPIRAR

DICAS INFALÍVEIS PARA MONTAR SUA ÁRVORE DE NATAL

IDEIAS PARA MONTAR SUA ÁRVORE DE NATAL

DIY ARRANJO DE NATAL

DIY ENFEITE DE NATAL

PEQUENAS ÁRVORES DE NATAL

ÁRVORE DE NATAL I

ÁRVORE DE NATAL II

ÁRVORE DE NATAL III

41d9d228687dfa6ca8a788a23fcf808a

Não vamos ficar só com posts antigos não!!!

Hoje a noite vamos ter dicas fresquinhas para um Natal clássico, e de hoje até dia 25 vou postar uma novidade de Natal aqui no blog! Essa é minha época preferida do ano, e vocês não poderiam ficar de fora das ideias que borbulham na minha cabeça kkkkk

Antes tarde do que nunca, o Sua Casa Sua Festa ensaia mais um retorno… e que venha 2017!!!

Ah, a Primavera!

Amanhã começa a primavera, e com ela vem uma energia renovada para começarmos (ou recomeçarmos) projetos e ideias com mais frescor e leveza. E por isso tento, mais uma vez, retomar com o blog! Em meio da maternidade e vida profissional, quero dividir com vocês mais dicas pessoais, receitas que venho testando, lugares que descubro, decorações das quais me apaixono…

E com essa promessa de renovação, deixo com vocês imagens inspiradoras da primavera, a estação das flores! Vamos curtir muito juntas essa nova fase?

Moagens do Café + Curiosidades

Chegamos a última parte dos posts especiais sobre café, falamos um pouco sobre a qualidade do café vendido, diferença dos grãos e torra, métodos mais comuns de extração e hoje veremos qual a moagem ideal para cada cafeteira e como esse detalhe pode influenciar muito no sabor final da bebida.

De maneira geral um grão de café moído mais grosso faz a água quente passar mais rápido, resultando num sabor “fraco”, assim como um pó muito fino faz a água passar bem devagar deixando seu sabor bem mais intenso. Isso vemos bem no método filtrado, que se beneficia mais com a moagem fina, mais comumente vendida nos supermercados e cafés de tipo Tradicional e Superior.

Esse infográfico do site I Love Coffee JP mostra bem qual o melhor tipo de moagem para os métodos mais comuns de extração. Vou traduzir para vocês!

  • Moagem bem grossa – Prensa francesa
  • Moagem grossa – Chemex
  • Moagem média – Moka (info abaixo)
  • Moagem média fina – Filtro comum
  • Moagem fina – Espresso
  • Moagem Extra fina – Café turco

 

Esse segundo infográfico mostra um pouco das mesmas acima, e ainda a moagem do café na moka, que deve ser média grossa (para não entupir o filtro). Quanto mais fino o grão moído, também maior o pó é passado pelo filtro, logo maior a borra e resíduos na xícara!

E como personalizar a moagem do seu café se as opções do mercado já são prontas? A primeira opção é comprar seu próprio moedor (seja manual ou elétrico), hoje em dia tem opções bem pequenas e baratas para termos em casa, e além da vantagem de personalizar a moagem de acordo com o método de extração escolhido ou ao seu gosto pessoal, você garante um café 1000x mais fresco!

O grão de café ao ser moído começa a oxidar muito mais rapidamente, ou seja, perde seus sabores e características naturais com o tempo. Ao comprar o café em grãos, você garante uma bebida muito mais aromática e fresca na sua casa, quer coisa mais gostosa?

Mas caso ainda não esteja pronta para esse investimento, você pode começar a comprar o café recém moído na sua cafeteria preferida, você vai ver a diferença que dá!


Mais informações sobre seu café!

  • NUNCA armazene seu café (grão ou em pó) na geladeira, ele vai absorver a umidade e perder seus aromas e sabores naturais.
  • Para um café fresco, perfumado e saboroso, moa os grãos apenas antes da infusão.
  • Nunca use água fervente para fazer seu café, se não você só irá extrair o amargor e acidez do pó. Aguarde um minutinho após ferver para fazer a infusão.
  • Acerte a proporção pó e água, a média é de 4-5 colheres de sopa para cada litro de água.
  • Use a moagem certa para cada método de extração.
  • Café de sabor forte não significa um café com mais cafeína! A cafeína é extraída em água quente, ou seja quanto mais água quente passa pelo pó/grão, mais cafeína sua bebida terá!
  • O Brasil é o maior produtor de café do mundo
  • O café é a segunda bebida mais consumida NO MUNDO, perdendo apenas para a água!

 

Seja parte dessa terceira onda de consumidores de café, que são pessoas que buscam saber a proveniência do grão consumido. Busque qualidade na sua bebida do dia a dia, use todo esse conhecimento para melhorar ainda mais o grão que você consome, valorize os produtores nacionais que também prezam por essa qualidade! Seja um bebedor de café consciente!

Cafés, Como Extrair?

Gostei muito de conseguir dividir um pouco desse conhecimento sobre cafés com vocês, afinal é um tema que faz parte tanto do nosso dia a dia quanto do universo de festas em casa, como já disse, não há visitinha que dispense uma boa xícara de café ou almoço de respeito que não finalize com ela, né?

Já contei um pouco sobre padrões de qualidade dos cafés (clique aqui para ver) e sobre a diferença dos grãos e torra (clique aqui para ver) e hoje vou mostrar as diferentes formas de extração da bebida, a parte mais divertida de ritual, na minha opinião.

Vou começar com os métodos mais comuns de fazermos em casa, e as principais diferenças entre eles.

Filtrados

Cafés de corpo mais leve pelo método de extração permitir pouco tempo de contato entre a água quente e o pó. Não há nenhuma pressão exercida, então conforme a água é despejada, ela retira os óleos naturais do grão moído, deixando a borra presa no papel.

Exige pouca técnica e permite que quem prepara regule a potência da bebida como preferir, ou seja, mais pó deixa a bebida com sabor mais forte ou o inverso, usando menos pó para um sabor mais leve! Uma média que agrada a maioria é de 4 a 5 colheres de sopa cheias para cada litro de água, mas é legal descobrir seu gosto pessoal! Tem quem goste de mexer um pouco o pó enquanto despeja a água, para que os sabores se misturem bem, há quem ache uma heresia sequer encostar no pó, novamente, vá testando diferentes formas de extração para descobrir o melhor para você!

Além do método tradicional Melita, tem hoje técnicas mais delicadas que permitem melhor infusão do pó e extração de sabor. Tem a Hario V60, usando normalmente o suporte de filtro em vidro ou porcelana e filtro em papel específico ou Chemex onde o filtro especial de papel vai direto no dispenser de vidro.

Para quem busca praticidade, tem as máquinas de café automáticas que fazem todo o trabalho para você, acabei de comprar uma e estou achando bem fácil, apesar de também achar que usa um pouco mais de pó que o comum. A minha tem a base que mantém o café aquecido por duas horas após o preparo, uma maravilha pela manhã!

MODO DE PREPARO:

Coloque pouco mais de um litro de água para ferver, enquanto isso monte o filtro de papel na base desejada. Assim que a água ferver, desligue o fogo. Antes de acrescentar o pó, “lave” o filtro com um pouco de água quente para retirar um pouco o gosto do papel e aquecer a base, descarte essa água.

Acrescente a quantidade de pó desejada ao filtro já lavado sem pressionar, e vá despejando a água pelo pó. Faça o teste em casa mudando diferentes formas de fazer, acrescentando bastante água de uma vez e mexendo o pó, ou colocando a água aos poucos, sem mexer. Compare o resultado final e descubra como prefere!

Deguste quentinho sem moderação! Hehehehe

Prensados

Esse método deixa um café de sabor bem mais intenso que os filtrados, por permitir maior infusão da água com os grãos moídos, a prensa faz o papel do filtro deixando toda a borra de café ao fundo, e o café preparado acima dela.

Conheço dois modelos de prensa, a clássica prensa francesa como vemos na primeira foto, que pode ser de vidro ou porcelana. E esse novo modelo da pressca, invenção de um brasileiro é uma cafeteira portátil, dá para preparar seu café em casa e sair tomando no carro, por exemplo. Faz um café individual ou até para dividir. Pequenininha e prática, já estou apaixonada!

Na minha opinião, esse método é ainda mais fácil que o filtrado, pois permite menor interação, já que há só uma maneira de preparo. Me agrada mais para fazer durante a tarde, quando prefiro uma xícara menor e sabor mais intenso.

MODO DE PREPARO:

Você pode pré aquecer a jarra com um pouco de água quente antes de preparar, mas é opcional. Depois coloque o pó de café e a água quente por cima, mexa com uma colher por alguns segundos (para garantir que todo o pó entre em contato com a água) e tampe. Deixe em infusão por 4, 5 minutos e depois comece a descer a prensa bem devagar, se apresentar alguma resistência, suba um pouco e volte a descer. A prensa deve chegar quase no final, deixando apenas o pó no fundo da jarra. Sirva em seguida!

Por Pressão

Cafés de corpo, aroma e sabor intenso, a pressão elevada faz com que crie-se uma “crema”, ou seja, essa espuminha deliciosa por cima do café! Vemos esse método na Moka (a cafeteira italiana) e no espresso das máquinas profissionais. Ele são diferentes, a Moka tem pressão muito menor que o espresso, mas funciona de maneira parecida, pois conforme a água ferve na parte mais baixa da cafeteira, é criado uma pressão no meio, por onde acontece a infusão, saindo a bebida na parte de cima na Moka. Já no espresso a pressão da água quente vem de cima, passando pelo pó de maneira rápida extraindo um café intenso e perfumado.

MODO DE PREPARO:

Os modos de preparo são bem diferentes como descrevi acima, enquanto na moka a água vai por baixo e o pó no meio (nunca pressionar o pó colocado, para não entupir o filtro), no espresso o pó é sim bem pressionado no cachimbo, pois a força da água que vem da máquina é bem mais forte que qualquer outro método disponível. A quantidade de pó no espresso, por tanto, é bem maior, por isso seu sabor é um dos mais intensos.

Café Turco

Quem já tomou sabe que seu sabor é talvez tão ou mais intenso que o espresso, não há filtros envolvidos, a água e o pó ficam bastante tempo em fusão na chaleira, e o preparo é aquecido até que o pó decante para o fundo. É preciso técnica para sentir o momento certo de servir, e apesar de decantar, parte da borra vai para a xícara, daí a milenar leitura da borra, já viram?

Segundo a cultura, o desenho formado na borra de café residual na xícara diz muito sobre quem tomou a bebida, seu passado, futuro e etc.

Para saber como fazer, clique aqui.


Agora que você já sabe tudo sobre a qualidade do café e tipos de grãos e torra, veremos no próximo post qual a melhor moagem para cada tipo de extração que vimos acima! Sim, além de tudo podemos escolher se precisamos de um pó mais fino ou grosso, e esse detalhe influencia (e muito) na bebida final!

Cafés, Como Escolher? Part. 2

Ontem fiz a primeira parte dos posts especiais de café, vocês acompanharam? Falei sobre as diferentes categorias de cafés, todo cafezinho que tomamos pertencem a uma… Perdeu? Então clique aqui!

Hoje vou falar sobre os grãos. Por que um café 100% Arábica custa mais caro? E os mais baratos, quais grãos são usados? E a torra, faz diferença? Você sabe qual o grão e qual a torra do seu cafezinho do dia a dia? E o da sua cafeteria preferida?

Quantas perguntas, mas as respostas são mais simples (e mais interessantes) do que imaginamos!

Existem dois grãos mais comuns no mercado, o Arábica e o Robusta. O primeiro é o café de melhor qualidade, com sabores muito mais complexos, cítricos, de cultivo mas delicado e com menor teor de cafeína, ou seja, pode tomar mais que tá liberado! Hehehehe

O segundo é um grão muito mais simples e de sabor amargo proeminente, é usado para ser misturado aos grãos de Arábica barateando o produto final. Seu cultivo é muito mais fácil exatamente por ter mais cafeína (a cafeína é um pesticida natural, sabiam?).

A diferença entre um grão Arábica (à esquerda) e um Robusta (à direita) é visível, né?

Não existe no mercado nenhum café 100% Robusta, acredito que seria praticamente intomável pelo seu corpo e amargor, porém algumas marcas usam seu grão no blend (mistura) justamente para acrescentar essas características no produto final, já que nós brasileiros gostamos de cafés de sabor forte.

A imagem acima mostra outra diferença… O Arábica é cultivado apenas em altas altitudes (acima de 600m) e temperaturas mais baixas, e o Robusta segue no contrário, cultivado em baixa altitude (até 700m) e suporta temperaturas mais altas! E o que isso significa? É mais fácil de maneira geral produzir grãos Robusta do que Arábica, tornando-o um produto mais barato!

Os cafés Tradicionais e Superiores usam 20% e 15% de Robusta em seu blend respectivamente, por isso somente são vendidas torras escuras nos cafés desse padrão (além de mascarar grãos Arábica imperfeitos, passados e outras sujidades como disse no post anterior). Cafés de categoria Gourmet e Especial usam apenas grãos 100%Arábica em sua composição.

Falando em torra, estamos tão acostumados com as torras escuras comumente encontradas nos mercados, mas sabemos nossa real preferência antes de provar outros tipos? Para quem só tomou cafés de torra escura até hoje está familiarizado com seu sabor mais “forte”, então provar torras média e clara pode ser um desafio, pois tendem a parecer “café fraco”, sabe? Mas não é nada disso!

Querendo ou não, a torra escura mascara muitos dos sabores de um bom grão de café, então percebemos menos as nuances frutadas e cítricas (por exemplo) cobertas no sabor amargo da torra elevada. Se você está buscando cortar o açúcar do cafezinho do dia a dia, mas acha o amargor difícil de engolir, experimente comprar uma torra média ou clara de um café de boa qualidade, você vai se surpreender!

Ainda estou aprendendo a me acostumar com a torra clara, mas recomendo muito essa experiência de experimentar e conhecer novos sabores de café, é um universo muito interessante para quem gosta do mundo gastronômico, muito parecido com os vinhos!

Café é quase um patrimônio nacional, faz parte na nossa história e vidas, então aventure-se nesse delicioso mundo da cafeína! Tem um mundo além do café tradicional que nós estamos acostumados a tomar e vale muito a pena conhecer mais sobre o assunto!

Amanhã conto um pouco mais sobre minha parte favorita, os diferentes modos de extração, aguardem!!