Os Mesversários da Maria Clara

Lá em setembro de 2012 eu fiz esse post aqui com ideias para organizar um mesversário para seus filhos. A ideia é comemorar ao menos o primeiro mês de vida do bebê, junto com a família e/ou amigos mais próximos. E não é que quase três anos e meio depois, cá estou eu comemorando mês a mês meu bem mais precioso.

Lá pela segunda semana de vida da minha filha decidi que ao invés que fazer uma festa para ela todo mês, iria fazer um doce pela primeira vez na vida. Minha mãe era uma cozinheira (e doceira) de mão cheia, e guardo na memória muitas delícias que ela fazia – torta de doce de leite, ambrosia, pudim, bolos, arroz doce, canjica, sorvetão… Fora que todas as festinhas da minha infância ela fazia o bolo e todos os docinhos, melhor lembrança não há! Quero que minha filha tenha a mesma experiência que tive, cozinhar é uma das muitas formas de demonstrar amor, e aqui esse sentimento só transborda.

Como não sou boa de doce, sabia que precisaria treinar muito para chegar no nível da minha mãe e foi aí que veio a ideia de já começar a treinar, antes mesmo dela poder guardar qualquer registro disso. E tem dado muito certo!

O primeiro mesversário da Maria Clara caiu numa sexta-feira, e achei que a data não poderia passar batida. Não fiz (e nem conseguiria) uma grande festa, mas chamei os tios e avós para celebrar esse dia com muito carinho. Minha ideia era fazer o naked cake da Rainha da Cocada, mas não tive muito tempo para tal! Ainda estava toda atrapalhada, recebi visita durante a tarde neste dia, então quando os familiares começaram a chegar às 19h, só tinha um bolo ainda na fôrma e nem trocada estava.

11998901_782311148566314_7438989413136900520_n

Paciência, servi só o bolo, sem cobertura nem nada. Apenas decorei com essas rosas secas (são para fazer infusão) e açúcar de confeiteiro. A receita do bolo você encontra aqui!

O bolo é uma delícia e super molhadinho. Comeria ele puro sempre, sem problema algum!

Agora para o segundo mês, que só foi possível celebrar porque é ano bissexto (uhuuu), comemoramos só eu e meu marido. Ele fez um jantar que para ele remete à infância (torta de palmito em massa folhada) e de sobremesa fiz um pudim com leite condensado sem lactose. A receita é do Tastemade Brasil, e você pode ver clicando aqui!

Atenção: essa foto é meramente ilustrativa - Fonte!

Atenção: essa foto é meramente ilustrativa – Fonte!

Esqueci de bater foto, mas como usei um leite condensado sem lactose (que é mais escurinho que o normal) o pudim também ficou meio escurinho, tipo pudim de doce de leite. Para quem gosta desse doce bem denso e cremoso, sem furinhos, essa é a receita! Achei uma delícia e pretendo fazer muitas outras vezes, com certeza!

Agora para seu terceiro mês de vida fiz outro bolo, o meu favorito bolo de cenoura com cobertura de chocolate! Minha mãe fazia um imbatível, mas não achei nenhuma receita aqui em casa. Então resolvi recorrer aos dotes da Rita Lobo.

Captura de Tela 2016-04-05 às 15.02.03

 

Usei aquelas fôrmas de silicone em formato de flor. É meio complicado de desenformar, mas achei que ficou tão bonitinho… A receita você encontra clicando aqui, e apenas uma semana depois de fazer já sinto saudades!

Ainda tem tempo até a Maria Clara completar 4 meses, mas já estou ansiosa querendo saber qual será a receita escolhida, são tantas opções!

<——————————————————————->

Para acompanhar essas e outras novidades do meu dia-a-dia, me siga no instagram!

Comente este Post