Anfitriã Vegetariana part. 2

Semana passada escrevi um post falando um pouco sobre minhas novas escolhas sobre alimentação, estilo de vida e consumo responsável e como isso influencia em tudo que fazemos, inclusive na nossa vida de anfitriã. Para ler o post, clique aqui.

Fiquei muito feliz com todo o feedback que recebi nos comentários desse post e nas redes sociais, através deles consegui enxergar novas perspectivas e principalmente aprender com as experiências que essas leitoras passaram em situações parecidas, sendo vegetarianas ou não.

No fim das contas o senso comum foi que dificilmente os convidados que forem à uma festa vão reparar tanto no que está sendo servido, principalmente se o cardápio estiver cheio de opções gostosas e criativas. Algumas leitoras até disseram que já foram em jantares onde não serviram carnes e nem repararam, já que haviam outros pontos positivos que chamaram sua atenção.

O importante é ter muita criatividade na hora de bolar esses cardápios, e pensar bem nos seus convidados enquanto o faz. Se o grupo for íntimo, provavelmente não vão esperar encontrar uma carne assada na mesa, mas nem por isso vão se chatear. Boas alternativas são grãos, massas, risotos e até pratos orientais como stir fry e curry.

Caso a festa ganhe proporções maiores, considere colocar uma carne, nem que seja numa torta ou nos frios de petisco, que não exigem preparo. Mas ainda assim não acho que seja algo obrigatório, sirva apenas o que sente confortável para que a organização da festa não vire um momento desagradável.

zucchini-ribbon-salad-recipe

 

Decidi que vou procurar postar dicas de cardápios vegetarianos aqui no blog, já que ainda é uma categoria pouco explorada na web, podendo acrescentar uma sugestão de carne vez ou outra. Isso não quer dizer que  à partir de hoje só teremos saladas e massas por aqui, a ideia é sempre criar alternativas criativas para todos os tipos de festa, mostrando que a carne não é a atração principal, e sim um acessório possivelmente descartável na nossa dieta ;)

Mais uma vez agradeço todos que me ajudaram, Com certeza uma das delícias de se ter um blog é dividir opiniões com pessoas que não conhecemos na vida real, mas que de alguma forma tem algo em comum comigo. Isso me lembrou um texto lindo do fotógrafo Duane Michals que queria mostrar para vocês e fala bem sobre essa relação entre um texto e seu leitor…

start-1024x734

“It is no accident that you are reading this. I am making black marks on white paper. These marks are my thoughts, and although I do not know who you are reading this now, in some way the lines of our lives have intersected… For the length of these few sentences, we meet here. 

It is no accident that you are reading this. This moment has been waiting for you, I have been waiting for you. Remember me.” Duane Michals

“Não é por acaso que você está lendo isso. Estou fazendo marcas negras no papel branco. Essas marcas são meus pensamentos, e apesar de não saber quem é você lendo isso agora, de algum modo as linhas de nossas vidas se encontraram… No comprimento dessas poucas frases, nos encontramos aqui.

Não é por acaso que você está lendo isso. Este momento estava esperando por você, eu estava te esperando. Lembre-se de mim.” – Minha tradução livre…

Comente este Post




Comentários

  1. Camila Duarte

    Amei seu post!!
    Vou amar suas dicas vegetarianas!
    Amanha já tem programado um post no meu blog com uma receita de hambúrguer de soja caseiro!! Acho que vc vai gostar!!
    Me identifiquei bastante com as suas questões, rs!
    Beijão

    Responder este comentário