Como Planejar um Almoço ou Jantar

Escritório arrumado e já bateu a inspiração, casa arrumada a energia é outra!

Engraçado, sempre dei dicas de “o que servir”, “o que preparar”, “como montar”, mas nunca de como evitar erros na hora de preparar um almoço ou jantar na sua casa. Sei que preparar uma refeição ainda assunta muita gente, principalmente os iniciantes na cozinha, mas com algumas dicas e muita calma todo mundo é capaz de servir belos pratos aos seus amigos e familiares.

A primeira dica vale para tudo e já falei diversas vezes por aqui: planeje-se! Na hora de criar um menu, antes de cogitar sobre as entradas ou sobremesas, pense qual será a proteína servida: carne, frango ou peixe?

Vou pegar o frango de exemplo, mesmo ainda muito subestimado nas festas por ser uma carne barata e usada no dia-a-dia, mas acho uma ótima alternativa para almoços descontraídos.

Depois pense como a carne escolhida, no caso o frango, será preparada: assada, grelhada ou frita? Escolhi fazer um frango inteiro assado!

Ok, e qual será o carboidrato de acompanhamento? Arroz, batatas, massa? Escolhi um risoto de cogumelos, que irei deixar tudo picado um dia antes e fazer na hora.

Precisa de mais um acompanhamento? Depende do número de convidados, até 10 pessoas, acho importante ter ao menos 2 acompanhamentos, é o mínimo de opções que você pode servir para as pessoas, acima disso vá acrescentando um acompanhamento a cada 4 ou 5 convidados. Para essa festa serão 8 pessoas, então vou escolher um vegetal para acompanhar, vagem torta refogada.

Alguma entrada ou salada? Acho que uma salada simples de folhas é o suficiente, sirvo antes dos pratos para quem gosta, só sofisticaria a receita se não tivesse escolhido 3 pratos principais. Para entrada compraria torradas temperadas e serviria com um patê de alho assado e uma mozarela de búfala ou burrata!

Algum convidado tem restrição a um dos pratos ou está em dieta especifica? Não neste caso, mas se alguém for vegetariano, por exemplo, acho que o risoto dá conta de satisfazer sua fome. Caso alguém esteja em uma dieta, o frango com a salada também estão sufucientes.

E a bebida, precisa combinar com todos os pratos? Qual será? Mais ou menos, acho que a bebida vai de acordo com o gosto do anfitrião e seus convidados. Em um dia bem quente e em uma reunião descontraída, não vejo problema em servir uma cerveja bem gelada, daquelas de garrafa estilo Original. Também colocaria um vinho branco fresco aos que preferem. Se estivesse frio ou fosse um jantar, trocaria por um vinho tinto, mas manteria a cerveja, porém escolheria uma long neck mais encorpada.

E de sobremesa? Bom, como acho que servi bastante comida aos meus convidados, então preparei cubinhos de abacaxi com raspas de limão e dois sorvetes de creme, para quem gosta de adoçar a boca.

Faltou alguma coisa, quer acrescentar ou trocar algum prato? Não, só vou comprar umas bolachinhas que adoro para servir com o café no final.

Por quê esses foram os pratos escolhidos? Porque estou acostumada a prepara-los e me sinto a vontade na cozinha com eles. Também já sei quanto tempo demoram a ficar prontos e o que posso deixar pronto um dia antes, facilitando minha organização no dia do evento.

Viram como meu processo na escolha do menu funciona? Sempre penso em receitas que já preparei ao menos uma vez e que fizeram sucesso, não me preocupo muito em ser sofisticado ou diferentes, pois prefiro uma comida simples e bem feita a um prato pretencioso e mal elaborado.

Se ainda assim ficar insegura com a preparação, compre um prato de “reserva”, pode ser uma lasanha na rotisseria mais próxima ou uma massa recheada no mercado, assim você ficará bem tranquila sabendo que se tudo der errado, comida é o que não irá faltar.

Comente este Post




Comentários