Petiscando em Portugal

Olha que incrível, na primeira noite em Lisboa, resolvemos passear pelo Bairro Alto, lá encontramos várias ruelinhas cheias de bares e restaurantes de todos os tipos.

O mais engraçado é que dentro deles cabe no máximo dez pessoas, de pé!

Esse é um estúdio de tatuagem, mas é exatamente esse o espaço dos restaurantes.

Tem lugar para todos os gostos, dos mais chiques com aquário de lagostas na entrada aos mais simples, bem estilo botecão da esquina.

Na arte da improvisação, a criatividade aflora e eles deram um jeitinho (brasileiro?) de caber mais pessoas, colocar banquinhos na calçada para sentarmos e mais um ou dois para servirem de mesa, mas cuidado, as ruas já são naturalmente estreitas, você tem que sentar bem próximo a parede, ou os carros passam por cima! E eu falo sério!

Legal né?

Só petiscamos e tomamos um vinho, mas foi uma experiência deliciosa…

Queijo de cabra azeitão (cremosíssimo dentro), parma e pãezinhos… precisa de mais?

É a prova de que nenhum espaço é pequeno demais para receber, sempre cabe mais um!!!

Comente este Post